Arquivo | março 2012

“… Então me disse: Filho do homem, estes homens são toda a casa de Israel. Eis que dizem: Os nossos ossos se secaram, e pereceu a nossa esperança; nós mesmos estamos cortados…” (Ezequiel 37:11)

Imagem

“… Então me disse: Filho do homem, estes homens são toda a casa de Israel. Eis que dizem: Os nossos ossos se secaram, e pereceu a nossa esperança; nós mesmos estamos cortados…” (Ezequiel 37:11)

“… E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas…” (Gênesis 1:2) 

 

Essa Palavra nos coloca diante de Deus para uma tomada de posição. No capítulo de Gênesis, quando lemos que a terra é sem forma e vazia, entre ela estar sem forma e vazia e o Espírito de Deus se mover, pairar, sobre as águas existe o ABISMO. E quando falamos em abismo, pensamos em um vazio profundo, algo terrível, onde se cair nele, acaba tudo; tudo está destruído. (Quero deixar claro, fazer um adendo, observando que a Palavra do Senhor é figurativa e particularmente, nesta mensagem, quando é falado em TERRA, quer dizer que somos nós, pois somos produto da terra, produto do pó).

Voltando à mensagem: 

Entre a terra estar sem forma e vazia, existe o ABISMO, conforme descrito acima, o Senhor quer que nós passamos sobre ele, mas de que forma? Isso depende de nós.

 

“…A Tua justiça é como as grandes montanhas; os Teus juízos são um grande abismo. Senhor, tu conservas os homens e os animais…” (Salmos 36:6)

Quero novamente indagar: O que separa a terra sem forma e vazia e o Espírito? O juízo de Deus.

Às vezes falta forma em nossa vida porque o juízo de Deus está sobre a nossa vida, permanecendo, e se ele permanece é porque ainda não houve um conserto, algo que fizemos no passado, erros que cometemos e não nos consertamos com Deus, isso nos separa de muitas atribuições da parte do Senhor para a nossa vida e cria esse abismo entre nós e o Senhor.

Novamente quero perguntar e já responder: 

O que nos separa de Deus? Os nossos pecados. 

O que significa então ABISMO? Juízo de Deus.

 

A palavra de Deus diz que Jesus veio como pedra de esquina e também como rocha de escânda-lo, o nosso Senhor, ou Ele atrai, ou Ele rejeita, dependendo da nossa postura haverá sobre as nossas vidas, muitas vezes momentos difíceis, porque paira ainda um abismo entre nós e Deus, permanece ainda pelas nossas atitudes, pelos nossos comportamentos, começamos a nos lembrar de muitas coisas que achamos, acreditamos que caíram no esquecimento de Deus, no esquecimento de Deus vai cair, mas a partir do momento que brotar o arrependimento o Senhor nos fala que dos nossos pecados já não se lembra mais, mas apresente as suas razões, traga para mim as tuas justificativas. Não pense que Deus passa por cima dos erros como que se nada tivesse acontecido, não, o Senhor traz todos à julgamento, em Corintios diz: “…Examine-se o homem a si mesmo..” para quê? Porque quando julgamos a nós, não há necessidade de sermos julgados. Então tão logo eu erro, tão logo eu peco. Existe uma Palavra chamada HIPOCRISIA e isso se torna um abismo entre nós e o Senhor, quando não abrimos o nosso coração, quando está vivendo uma guerra, uma luta terrível: – Eu não estou bem no meu trabalho, não estou bem em minha casa, não estou bem com minha esposa(o), não estou bem com meus filhos, não estou bem na sociedade, não estou bem em lugar nenhum e ainda assim tento transmitir que tudo isso não existe quando na verdade é que estou totalmente arrasado e tento esconder isso de uma forma ou de outra. Mas hoje o ABISMO fala:“…Os montes te viram e tremeram; a inundação das águas passou; o abismo deu a sua voz, levantou ao alto as suas mãos…” (Habacuque 3:10)

Irmãos, quando estamos debaixo de um julgamento, quando estamos debaixo de um juízo é porque nos falta sabedoria, nos falta inteligência para nós tratarmos de tudo isso. 

 

“…Porém onde se achará a sabedoria, e onde está o lugar da Inteligência? O homem não conhece o seu valor, e nem ela se acha na terra dos viventes. O abismo diz: Não está em mim; e o mar diz: Ela não está comigo…” (Jó 28:12, 13 e 14)

ABISMO É SINÔNIMO DE FALTA DE SABEDORIA E DE FALTA DE INTELIGÊNCIA. Do portar diante de Deus do nosso comportamento diante do querer do Senhor. Não adianta nós querermos nos enganar, não adianta. Pois sabemos que não conseguimos nos enganar, sabemos e não adianta, não temos a mínima condição de dizer a Deus que Ele deu uma coisa mas na realidade somos outra, não! Ele vê a realidade das nossas vidas, vê os nossos sentimentos, o nosso interior. Não vamos fugir do problema, vamos entrar nele e mudar o que tiver que mudar. Nós precisamos urgentemente passar sobre esse abismo, o Espírito que paira sobre as águas precisa atravessar esse abismo e vir até a terra sem forma e vazia para mudar tudo. Precisamos ter forma de alguma coisa, chega de comportamento hipócrita, coloque-se diante do Senhor e diga a Ele: Deus está tudo errado, eu quero me consertar. 

Quando louvamos ao Senhor, com hinos que dizem: “Ele me ama, Ele me ama”, Ele nos ama mesmo!! Porque Ele emite o juízo dEle, mas ao mesmo tempo emite a misericórdia e a misericórdia chega na frente do juízo, quando o Senhor vai nos contemplar a misericórdia dEle chega e abranda o produto do nosso erro, as consequências do nosso erro.

O que quero dizer com isso? 

Agora vamos entrar no livro de Ezequiel 37:11, o vale de ossos secos, esses ossos é toda a casa de Israel, e quero que vocês saibam: Nós somos produtos de uma palavra profética. Em Isaías 43 no final do verso 1, …”Mas agora, assim diz o Senhor que te criou, ó Jacó e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu…”  Quais são as Palavras finais???? TU ÉS MEU!!! Então, nós somos produtos de uma palavra profética!! Quem disse essas 3 Palavras? Foi Deus!! E ele disse pra quem? Disse pra nós! Então se ele disse pra nós, somos oriundos de uma palavra profética! O Senhor está declarando que somos a propriedade dEle. Mas há um detalhe, colocamos limites até onde vai essa palavra profética. E é isso que quero abordar sobre a TERRA SEM FORMA E A TERRA VAZIA. (lembrando o que disse no início que a Terra, nesta mensagem, somos nós).

Vamos voltar a ler Ezequiel 37: 7, 8, 9, 10 e 11:

 

“…Então profetizei como se me deu ordem. E houve um ruído, enquanto eu profetizava; e eis que se fez um rebuliço, e os ossos se achegaram, cada osso ao seu osso…” (Ezequiel 37:7)

TODAS AS VEZES QUE DEUS NOS DÁ UMA PALAVRA, A NOSSA VIDA SE TRANSFORMA EM UM REBULIÇO.

ELE PRECISA NOS PREPARAR PARA RECEBERMOS O QUE ELE VAI NOS DAR E TALVEZ ALGUNS QUE ESTÃO LENDO ESSA MENSAGEM, NÃO TEM ALGO IMPORTANTE NA VIDA: FILIAÇÃO. HOJE O SENHOR QUER DIZER PRA VOCÊ: TU ÉS MEU. PORQUE AINDA NÃO É. MAS HOJE VOCÊ VAI PASSAR POR CIMA DO JUÍZO, POR CIMA DO ABISMO, E VOCÊ VAI CHEGAR NA MISERICÓRDIA E VAI DEIXAR DEUS MEXER EM VOCÊ E TERÁ ENTÃO O REBULIÇO.

 

“…E olhei, e eis que vieram nervos sobre eles, e cresceu a carne, e estendeu-se a pele sobre eles por cima; mas não havia neles espírito…”  (Ezequiel 37:8)

MAS NÃO HAVIA NELES O ESPÍRITO – Só tinha então a forma. Muitas vezes você é produto de uma palavra profética, mas parou na forma. Continua vazio. Quem olha pra você vê traços, quem olha pra você, não vem a negar que você tem origem. 

RELIGIOSIDADE É SINÔNIMO DE FORMA.

DIZER QUE ABRAÇOU AO SENHOR JESUS CRISTO É SINÔNIMO DE FORMA.

QUEM OLHA PRA VOCÊ VÊ QUE PUXOU A ALGUÉM É PARECIDO COM ALGUÉM. VOCÊ TEM OS TRAÇOS DAQUELE QUE DIZ: TU ÉS MEU! MAS MUITAS VEZES PARA POR AÍ, POR QUE AINDA O ESPÍRITO DE DEUS NÃO PODE DAR VIDA À ÁGUA QUE É A PALAVRA E ELA SE TRANSPORTAR PARA O SEM FORMA E VAZIO E ALI COMPLETAR A OBRA DE DEUS. O QUE FALTA DENTRO DE VOCÊ? O PROFETA CONTINUA DIZENDO:

 

“…E ele me disse: Profetiza ao espírito, profetiza, ó filho do homem, e dize ao espírito: Assim diz o Senhor DEUS: Vem dos quatro ventos, ó espírito, e assopra sobre estes mortos, para que vivam…” (Ezequiel 37:9)

“…E profetizei como ele me deu ordem; então o espírito entrou neles, e viveram, e se puseram em pé, um exército grande em extremo…” (Ezequiel 37:10)

 Em Provérbios diz que quem anda desviado dos caminhos do Senhor, na congregação dos mortos vai repousar, mas quando o Espírito entra em nossas vidas, então passamos a SER. Alguma coisa precisa acontecer, passamos a viver quando o Espírito se transpõem em nós.

Para nós deixarmos de ser sem forma e vazio, alguma coisa precisa acontecer. Para não nos separar do que Deus tem para nós, não deixar existir mais esse abismo que nos separa dEle.

 

É Preciso tomar uma posição diante do Senhor, ou somos filhos ou não somos filhos de Deus. Como iremos subir, com um abismo diante de nós nos separando de Deus? Se os nossos sentimos, as nossas posturas possuem forma, mas falta algo para preencher porque está vazio. O Esfriamento da nossa fé, vem do que? Do vazio. O abatimento vem do que? Do vazio. O desejo de recuar, vem de onde? Do vazio. A perda da alegria de servir ao Senhor, vem de onde? Do vazio. A perda da alegria da adoração? Do vazio. Você tem forma, quem olha pra você diz: Ele(a) é, mas Deus diz: falta o Espírito, precisa assoprar.

Na Tua vida já tem conteúdo de Palavra profética, é um amontoado de confusão, mas a Palavra de Deus veio sobre você e assoprou e houve um acontecimento que quem olha pra você hoje diz: Ele não é mais o mesmo, ele mudou.

 

O Senhor hoje quer tirar esse abismo entre a terra sem forma e vazia e o Espírito dEle. Quando o espírito paira sobre as águas, as águas passam a ter vida. 

Muitas vezes você vai à casa do Senhor e não sente alegria, acha que a Palavra não foi muito boa, irmãos, deixa Deus encurtar essa distância hoje. Deus quer completar a obra, Ele não deixa pela metade o que Ele inicia a não ser que você impeça. Se o juízo do Senhor é um grande abismo, a misericórdia há de triunfar sobre o juízo e você há de reverter essa situação! Ele diz: EU SOU DEUS, OPERANDO EU, QUEM IMPEDIRÁ? 

Quando há o abismo, há a escuridão, quando há a escuridão, não vemos a luz, quando não vemos a luz, tropeçamos, e se há juízo, é porque não há sabedoria, é porque não há inteligência. O que falta pra você?

 

Que o Senhor, em sua infinita misericórdia, possa permitir que essa misericórdia suplante todo o juízo dEle.

Ainda que os seus pecados sejam vermelhos como a escarlata, eles se tornarão brancos como a alva neve.

 

Fiquem na paz do Senhor…

 

…:::Ariane:::..

Senhor controla todas as áreas de minha vida.

Deus, quero agradar-te em todas as coisas. Entrego-te meus relacionamentos, desejos, sonhos, minhas finanças, decisões, meu trabalho, lazer, tempo, corpo, mente e minh’alma.

Deposito-os em Tuas mãos a fim de serem usados para Tua glória. Declaro neste dia: “Fui crucificado(a) com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim” (Gl. 2:20).

Controla todas as áreas de minha vida, Senhor, e conduze-me para tudo que planejaste para mim.

“Portanto, assim como vocês receberam a Cristo Jesus, o Senhor, continuem a viver nele, enraizados e edificados nele, firmados na fé, como foram ensinados, transbordando de gratidão…” (Colossenses 2:6-7)

…:::Ariane Aline:::…

Bom ânimo…

 

 

 

 

 

 

Cansei….

Cansei de gente falsa, hipócrita, mentirosa…
Cansei de desculpas, de falsas satisfações…
Cansei de falso moralismo…
Cansei dos aproveitadores…
Cansei de falsas amizades…

Cansei…

Cansei de ter que pisar em ovos…
Cansei da religiosidade…
Cansei de pessoas que só querem ver a sua derrota e não se alegram com a vitória…
Cansei dos fofoqueiros de plantão…
Cansei dos espiões…
Cansei de ser subestimada…
Cansei dessa sociedade…
Cansei da ingratidão…
Cansei de má educação…

Cansei….

Cansei do egoísmo…
Cansei do estrelismo…
Cansei do egocentrismo…
Cansei dos achismos…

Cansei…

Mas não cansei…

Não cansei do amor…
Não cansei da verdadeira amizade, ainda que escassa…
Não cansei da fé…
Não cansei de Deus e nunca cansarei…
Não cansei de lutar pela felicidade…
Não cansei de crer que há mesa no deserto…

Não cansei…

Não cansei da minha família…
Não cansei de ter esperança…
Não cansei de crer que há um Deus que apesar de todas essas coisas que cansei, Ele olha pra mim e diz: Tu és mais que vencedora, acima de todas as coisas que te afligem…Tende bom ânimo, pois eu venci o mundo!!!
Não cansei de ter bom ânimo… Vencerei o mundo!!!

…:::Ariane Aline:::…

“Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito…” (Provérbios 4:18)


“Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim…” 

(Gálatas 2:20)

 

Gostaria de falar um pouco sobre a nossa caminhada. Vivemos nessa Terra porque Deus assim o quer, pelo fato de Deus ter te gerado, Ele aguarda, tem uma expectativa de um retorno teu. Quando os nossos pais nos educam, eles dizem você precisa me obedecer, porque quando eu te ensino, quero que tenha caráter, ou seja, os nossos pais esperam um retorno; todo pai tem uma expectativa na existência do filho, porque eles crêem que quando formados, há de cuidar deles, mas nem todos conseguem atingir esse objetivo e muitas vezes desconhecem os sacrifícios que os pais fazem pelos seus filhos.

E Deus? O que espera de você?

A Palavra de Deus diz que não tem um pai, ou uma mãe que se o filho pedir um pedaço de pão, vai lhe dar uma pedra. Quanto mais Deus, mas também o nosso Senhor tem uma expectativa de um retorno nosso, Ele está no aguardo de uma visão de gratidão e o que você tem sido para o Senhor?

Como era a tua vida antes de conhecer a Deus? E como ela é hoje?

Na nossa caminhada nós lutamos por uma conquista melhor, por uma posição melhor, por um salário melhor, uma projeção melhor, reconhecimento melhor, o tempo vai passando nós vamos amadurecendo e daqui a pouco o tempo acaba e nos damos conta que lutamos o tempo todo pelo nosso benefício e esquecemos de que alguém nos deu uma promessa e essa promessa é que me faz descansar ela não cansa, a promessa do Senhor é leve e suave e diz: “Busque em primeiro lugar o meu reino e todas estas coisas que vocês estão cansados eu vou dar de graça, o mundo todo me pertence, o ouro e a prata estão em minhas mãos, as portas estão em minhas mãos, basta um assopro meu e ela se abre, e muitas vezes lutamos tanto, tanta dificuldade, agora, será que Deus não tem prazer em nos abençoar ou muitas vezes estamos como sangue-suga: – “Dá-me, dá-me, dá-me”, e nunca basta! Só queremos, queremos, queremos, só ficamos almejando em sermos prósperos, querendo, vamos comprar, vamos adquirir e nos preocupamos com tantas coisas e nos esquecemos de que Deus quer o nosso tempo. Ele quer o nosso ato de gratidão, quando nos dobramos diante do Senhor e reconhecemos a nossa medíocridade, eu reconheço a minha limitação e que vivo em uma dependência total da Tua graça, isso alegra o coração do Senhor, quando falamos a Deus para nos ensinar a caminhar nesta Terra, pedir para Deus: – Me faz enxergar os valores verdadeiros que Ele quer que eu alcance. – Me faça ser inteligente; – Me faça ser sábio; então a nossa caminhada nesta Terra tem uma finalidade. Não pense que você nasce, cresce, se forma, casa, tem filhos, tem família, depois morre e acabou! Não! Qual é a finalidade de Deus na sua existência? Porque Deus permitiu a tua vinda nesta Terra? Será que Ele não está guardando algo da tua parte? E é isso que o Apóstolo, somado ao que vimos em provérbios, está dizendo. Quero aqui, nesta mensagem, diante de Deus, inverter esse verso, começar do fim para o início, o verso final de Gálatas 2:20 diz: “o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim…” Só eu posso validar esse sacrifíco na minha vida, só você pode validar esse sacrifício na sua vida, porque senão se tornou em vão o sacrifício do nosso Senhor. Só eu e você podemos fazer com que esse sacrifício se torne vivo e real, depende de uma posição minha e sua. O Apóstolo Paulo já dizia assim: “Digo chorando que muitos se tornaram inimigos da cruz de Cristo”. Nós não!!! Temos que olhar para a cruz e ver que lá aconteceu algo em nosso favor, e acontecendo algo em nosso favor, precisamos Retornar o reconhecimento do nosso coração e olhando pra cruz e dizer: – Senhor, se Tu não morresse lá eu não teria vida como eu tenho!

Olhe para a cruz, o que Jesus foi fazer lá? Ele tinha uma finalidade. Em Isaías 53 o profeta já tinha profetizado o que o nosso Senhor veria e sentiria estando na cruz do Calvário.

 

“Ele verá o fruto do trabalho da sua alma, e ficará satisfeito; com o seu conhecimento o meu servo, o justo, justificará a muitos; porque as iniqüidades deles levará sobre si…”  (Isaías 53:11)

Ele quando tomou as minhas mazelas e as tuas, Ele se tornou, se fez pecado por nós, não pecou, mas se fez pecado, mas com toda aquela carga, com todo aquele peso, levando a minha dívida e a tua, com tudo isso, Ele diz que veria o trabalho da Sua alma e ficaria satisfeito. Ora, quando é que Ele ficaria satisfeito? Se houvesse retorno, na minha vida o Senhor tem satisfação, tem alegria, quando Ele vê o meu retorno de reconhecimento; quando eu olho pra Ele e digo: – meu Senhor! – Só o fato de dizer pra Ele “meu Senhor”, o coração dEle já se alegra, porque Ele já me vê dando a Ele todo o direcionamento da minha vida, porque o Senhor é quem me dirige e Ele é Senhor e Ele diz: – “Eu sou o Senhor e este é o meu nome”. E muitas vezes vejo vidas não tendo nenhuma visão de senhorio do nosso Senhor Jesus Cristo e na caminhada nem dEle se lembra, sacrificam os melhores momentos com Ele em troca de tantos momentos por aí a fora, muitos arrumam desculpas, para não estar na casa do Senhor, em comunhão com Deus, o mínimo que podemos fazer é reconhecer o momento que Ele nos dá para adorá-lo para prestar a Ele um culto de louvor, pra prestar a Ele culto de gratidão, pra se ofertar no altar como cheiro aromático a Ele e eu vejo vidas que menosprezam. Se necessário for, temos q ir arrastados, porque na casa do Senhor há graça e formosura, o que Ele fez na cruz pela minha vida, não tenho como pagá-lo, mas o que eu posso dar, eu dou, eu quero dar a Ele o meu louvor, a minha gartidão, porque Ele não pede nada além disso. O que Deus pede da tua vida?? De que forma você acha que o Senhor quer que você reconheça o sacrifício dEle? De que forma? Se martirizando? Não! Com penitências? Não! A Palavra diz no livro de Salmos:

“Bem-aventurado aquele a quem tu escolhes, e fazes chegar a ti, para habitar em teus átrios! Nós seremos satisfeitos com a bondade da tua casa, do teu santo templo…” (Salmos 65:4)

É na casa do Senhor que nós somos renovados, não estou dizendo que é a igreja que te faz caminhar, mas é ali que nós nos alimentamos, comemos, é ali que o Senhor nos leva e coloca diante de nós um banquete e com a força dessa comida Ele me faz caminhar, e a nossa caminhada depende da comida, se não comermos não podemos caminhar, pois a vereda do justo é como a luz da aurora, ela vai brilhando, mas se nós não caminharmos, não tem vereda, se não comermos, não tem vereda, não conseguiremos dar um passo, não há como caminhar. A nossa vereda só vai brilhar dia-a-dia mais, se nós tivermos alimento dentro de nós.

Quando Paulo fala no final do verso de Gálatas 2:20: “…o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim…”  É preciso um reconhecimento, precisamos validar o que o Senhor fez lá na cruz por nós, precisamos dar a Ele, ou melhor, a NÓS, a oportunidade dEle validar o sacrifício dEle em nossas vidas. Senão, TUDO É VÃO.

Se sairmos perguntando por esse mundo, quem tem Jesus, todos vão falar que têm. O Maometano diz que tem, o Budista diz que tem, o Espírita diz que tem, o Católico tem, o Evangélico tem, todo mundo tem. Agora… Validar o sacrifício do Senhor em minha vida, são poucos. Quando é que eu valido esse sacrifício? Agora veremos algumas características:

Gálatas 2:20

Diz assim:

– A vida que eu agora vivo na carne, (na minha existência, nesta terra) vivo-a na fé do Filho de Deus…

      Não é na fé NO Filho de Deus não… É na fé DO Filho de Deus. É na fé que Jesus teve e que precisa ser transportada para a minha vida, qual era a posição do Senhor? Como é que eu posso caminhar na fé dEle? Primeiramente, precisamos saber o que Ele veio fazer aqui nesta Terra.

 

Vamos ler em João 5:30 – “Eu não posso de mim mesmo fazer coisa alguma. Como ouço, assim julgo; e o meu juízo é justo, porque não busco a minha vontade, mas a vontade do Pai que me enviou…” 

Andar na fé do Filho de Deus não é buscar a própria vontade, mas é reconhecer a finalidade para a qual Deus me gerou para viver nesta Terra. Pra que você e eu nascemos? Para ser servos dEle. Deus, não depende de porta de emprego para te alimentar, Ele depende de você colocar diante dEle uma mesa e crer que do nada Ele pode produzir TUDO. E a tua mesa será farta.

Nós precisamos crer que a nossa existência nesta Terra, só tem uma finalidade: Viver a nossa vida na fé do Filho de Deus. Precisamos ter a visão que Ele teve. E Ele disse que nós não faríamos somente as obras que Ele fez, mas faríamos ainda maiores, vejam a humildade do Filho de Deus, dando a nós a oportunidade de produzir mais do que Ele produziu, agora… Quem é que consegue???

 

Outra passagem:

Por tudo o que ELE fez, nessas duas passagens está o que vamos ler, qual é a nossa posição diante do TUDO que Ele fez…

Joel 2:18 e 19: “Então o SENHOR se mostrou zeloso da sua terra, e compadeceu-se do seu povo.

      E o SENHOR, respondendo, disse ao seu povo: Eis que vos envio o trigo, e o mosto, e o azeite, e deles sereis fartos, e vos não entregarei mais ao opróbrio entre os gentios…” 

Isso é promessa de Deus, promessa de subsistência, de abastecimento e de provisão. Ele está dizendo que nunca nos deixará sem falta de algo, mas temos que entender uma coisa antes, primeiro temos que ter o TRIGO, FIGURA DE COMIDA, PÃO.

DEPOIS O MOSTO, FIGURA DA ALEGRIA. CAMINHE COM ALEGRIA, DIZIME COM ALEGRIA, FAÇA QUALQUER COISA PARA O SENHOR COM ALEGRIA, NADA PORQUE TE É IMPOSTO, FAÇA COM ALEGRIA, SEJA GRATO, RETORNE A DEUS A SUA GRATIDÃO;

POR ÚLTIMO TEMOS O AZEITE… “NÃO VAI FALTAR SOBRE VOCÊS A COBERTURA DO MEU ESPÍRITO”. É ISSO QUE DEUS ESTÁ DIZENDO.

Então, o Senhor está respondendo ao seu povo, agora o povo precisa responder a Deus.

Vamos ver a resposta da Terra à Deus, pois o Senhor disse anteriormente que estava respondendo à Terra;

“E a terra atenderá ao trigo, e ao mosto, e ao azeite, e estes atenderão a Jizreel…” (Oséias 2:22)

Amados, o Senhor está esperando o brotar da semente em sua vida. O plantador ele pega a terra, prepara, passa o arado, esterca a terra, afofa, abre uma cova e joga a semente, cobre a semente e rega a terra, passa o tempo e ele vai regando… Ele precisa de tempo, de água, de esforço e de esperança… Enquanto ele vai regando, ele diz: -Eu creio que vai brotar. Porque senão ele não iria lá. A Palavra do Senhor diz quando lançares a tua semente, não tires a mão. De repente a terra responde a semente, e quando ele vê aquela folhinha pequenina brotar, ele diz: A semente morreu.

Se Ela não morrer ela não produz, então, a semente está produzindo, então ele vai e rega com mais intensidade, com a maior esperança, com uma enorme expectativa, e aquela plantinha vai crescendo. A terra precisa responder à semente.

      TUDO O QUE DEUS LANÇA EM SUA VIDA PRECISA TER RESPOSTA. E NÃO PENSE QUE PELO FATO DE VOCÊ ESQUECER, DEUS SE ESQUECE. DIZ EM MALAQUIAS QUE HÁ UM MEMORIAL DIANTE DO SENHOR. TUDO O QUE DEUS TE DÁ PRECISA TER RESPOSTA.

PRIMEIRO ELE NÃO TE DÁ DE QUALQUER FORMA, MUITAS VEZES ELE TE PREPARA PARA RECEBER. E DEPOIS QUE VOCÊ RECEBE, PRECISA TER RESPOSTA.

Deus respondeu à Terra dizendo: “O meu povo não vai passar por vergonha mais, eu não vos entregarei à opressão das nações, não!! Eu vou cuidar de vocês, eu vos envio agora o trigo, o mosto e o azeite, isto é, estou enviando a vocês TODOS OS MEUS BENS e agora que lancei a Terra precisa responder.” 

E quem somos nós, se não Terra? De onde fomos formado? O melhor de nós, diz a Palavra, é pó!! Se a semente foi lançada dentro de nós, a cabe a nós permitir com que ela brote em um ato de gartidão e é isso que o apóstolo está dizendo.. “Por aquilo que o Senhor fez, por aquilo que o Senhor se entregou, por amor a mim, a vida que eu agora vivo, eu vivo na Fé do Filho de Deus.” Isto é, tudo o que Jesus fez nesta terra ouve um retorno para o Pai.

 

1º.      Eu não estou aqui porque quero, estou aqui porque Deus tem um plano. Se estou aqui porque Deus tem um plano, não vou fazer a minha vontade, eu vou fazer a dEle. Se estou na terra, não é porque eu tenho que cuidar dos meus negócios, eu preciso cuidar dos negócios do meu Pai. Eu preciso cuidar das coisas do meu Pai, eu preciso fazer a vontade do meu Pai, porque meu Pai me gerou e me permitiu nascer e vir a esta terra porque tem vidas que precisam ouvir das riquezas que estão na glória do Senhor, e eu e você somos embaixadores do reino, ministros dEle e estamos representando Ele nesta terra e precisamos dar o retorno, mas não como esses ministros estão dando… Corruptos.. Não. É preciso abastacer o reino do nosso Senhor, eu estou na terra por causa disso, nós viemos por causa disso e muitas vezes você se preocupa tanto com as suas coisas que esquece qual é a finalidade da sua existência, para quê você existe.

Por isso o Apóstolo está falando: – “A vida que eu vivo agora”.

 

Agora voltando um pouco antes, ele diz: Não vivo mais eu…

A primeira coisa que tem que acontecer pra germinar uma semente, ela tem que morrer, em Isaías fala que somos sementes benditas do Senhor, ou seja, se nós não morrermos para nós mesmos, não podemos gerar.

Uma pergunta simples… Você está morto ou está vivo?

Fácil de responder…

Se você acha que está vivo, saiba que você tem que morrer, pois enquanto você não morrer não germina.

 

“Eu não vivo mais…”

Você já viu morto reclamar, morto murmurar, você já viu morto ter postura de vingança, morto ter sentimento??

 

Morto não tem sentimento, você tem? E se seus sentimentos estão aflorados é porque você não morreu..

Primeira coisa, Deus cuida de nós… Olhe para as aves do céu, o Senhor cuida delas… E porque estamos tão preocupados com as nossas coisas?? Meus pensamentos e meus projetos não podem ser mais do que os projetos de Deus em minha vida… Se eu começar a me preocupar com as minhas coisas é porque estou bem viva…

E se eu quero proclamar que não vivo mais, mas Cristo vive em mim, quando Cristo vive em mim, qual é as minhas atitudes?? As características dEle em mim.

Tem gente que é grossa, problemática, mal educado e depois diz que é do Senhor!!! “Eu sou do meu amado e meu amado é meu” É NADAAA!!! VAI MORRER PRIMEIRO, DEPOIS VOCÊ FALA ISSO!!!!

Não estou falando nada além do que está escrito na Palavra de Deus, que excede ou o que vai tanspor a nossa existência e enquanto estivermos preocupados com as nossas coisas, com sentimentos aflorados é porque não morremos ainda. Sabe por que você passa por problemas?? Porque Deus quer que você morra.

 

“Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim…” 

(Gálatas 2:20)

 

Isto é, eu vou caminhar com Ele, como Ele caminhou… O Senhor Jesus antes de tomar qualquer atitude Ele consultava o Pai… e nós?

Nossa postura muitas vezes não é de consultá-lo e sofremos as consequências dos nossos erros…

Então meus queridos, estar crucificado com Cristo é ter certeza de que a dívida já foi paga, você já passou pelo processo de filiação e agora você não tem uma vida terrena, você tem uma vida eterna. É maravilhoso ter isso, não é? Mas é preciso morrer pra ter.

 

Se Senhor não me der mais nada, eu já sou grata, pois a dívida que foi paga lá na cruz, que me impedia de entrar no Reino de Deus, que era contra a minha vida, rasgou essa cédula contrária a minha vida e disse ao diabo: Esta não te deve mais nada!! Glórias a Deus por isso!!

 

Te pergunto neste dia, o que você tem dado a Deus? Olha a Tua vida e veja o que você tem dado a Ele, pelo Tudo que Ele já te deu…

 

Fiquem na paz do Senhor…

 

…:::Ariane:::…

“Portanto, convém-nos atentar com mais diligência para as coisas que já temos ouvido, para que em tempo algum nos desviemos delas…” (Hebreus 2:1)


    Atualmente, muitos se afastam e não se atentam para a Palavra do Senhor, se distanciando dela por justamente não se atentar ao que está escrito, por não ouvir, guardar e vivê-la.

Muitas vezes passamos por problemas porque não atentamos para a realidade da Palavra, não enxergando o que está por detrás da letra. Se o Senhor diz que serão poucos os escolhidos é porque SÃO POUCOS, não adianta aumentarmos o rol de pessoas, pois não serão todos que entrarão no Reino de Deus e precisamos nos atentar para isso.

Ouvimos falar sobre o livro da vida e como crianças, imaginamos um imenso livro, mas na verdade o livro da vida é a Palavra de Deus, e o nosso nome precisa estar lá dentro. Nós precisamos crescer espiritualmente e atingir a maturidade e deixar de ser meninos na fé e parar de fantasiar coisas que não existem. Ter o nome escrito é caminhar dentro dos parâmetros escritos na Palavra de Deus. É preciso sair das tradições igrejísticas. O povo de Deus cresce de uma maneira pobre diante desses ensinamentos porque não conhecem a realidade do Evangelho. Convém-nos atentar com maior diligência para o Evangelho. 

Muitas vezes achamos que pecado é mentir, fornicar, adulterar; e nos esquecemos do principal que é o que motivou a pessoa a cometer tal ato, o que está faltando para essa pessoa. Não devemos ficar olhando para a consequência mas para o vazio que está dentro dessa pessoa.

“Têm todos o dom de curar? falam todos diversas línguas? interpretam todos?…”

(1 Coríntios 12:30)

Temos que crer que o Senhor vai nos mostrar algo novo, que vamos crescer, que vamos evoluir, que vamos subir de degrau. Devemos buscar os dons de Deus, mas não devemos buscá-los e depois parar, pois Deus quer nos ensinar algo muito maior, algo melhor do que o dom de curar, falar em línguas, não devemos estagnar no primeiro degrau.

Hoje a igreja na face dessa terra parou no tempo, não está valorizando o que Deus valoriza e está desvalorizando o que Deus valoriza. Enquanto o Senhor diz: ” Eu vos mostrarei um caminho mais excelente”.

Já ouvi pessoas dizer que se entrar no Reino de Deus e for o porteiro, já está bom!!! – Quer dizer então que o negócio é entrar??? – Visão medíocre esta!!! Eu não quero entrar e ficar na porta, eu quero entrar e estar de frente ao meu Senhor adorando-o junto aos Anjos!! É isso que devemos desejar!!!! Pessoas que não pensam assim são pobres espiritualmente.

 

“Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.

E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.

E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria…”

(1 Coríntios 13:1-3)

 

PRECISAMOS CONHECER UM CAMINHO MAIS EXCELENTE E ESTÁ ACIMA DISSO TUDO….

 

“O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece…” 

(1 Coríntios 13:4)

Esse versículo diz que o amor é sofredor. E quem todos os outros dons não possui muitas vezes e passa a ser uma contrariedade na vida dessa pessoa a falta do maior dom o AMOR.

Muitas vezes, essa pessoa tem todos os dons, mas se manifesta algo em sua vida, como a inveja, por exemplo, chega sutilmente e a pessoa nem percebe. É egoísta, se ensoberbece, vive se vangloriando – EU FAÇO, EU ACONTEÇO!

Deus não depende de homens, depende de fiés, se não tiver os fiéis, Deus pega a pedra e faz ela falar… O homem vai se vangloriar do que?…..

“Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal…”

(1 Coríntios 13:5)

Não se porta com indecência…… Portar-se com indecência é não viver o que prega.

Sou indecente se falar de amor e não amar. Não viver o que eu prego.

Mas ainda assim eu falo em línguas, profetizo…. rsrsrs (entendem o que eu quero dizer?)

Não busca o seu interesse…… A hora que eu fizer algo buscando apenas o teu interesse eu serei aprovado por Deus. Se eu não desejar o teu crescimento, não buscar isso, não me alegrar com a sua vitória, eu não sou serva de Deus NUNCA.

“Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade…”

(1 Coríntios 13:6)

Quando somos injustos?

Quando procuramos apenas os nossos interesses;

Quando não reconhecemos uma autoridade levantada por Deus;

Quando não temos prazer na caminhada do irmão;

Quando falta dentro de nós a justificação de Cristo;

Quando não sou humilde e prego a humildade sendo que sou soberbo…

“Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta…” 

(1 Coríntios 13:7)

TUDO SOFRE, TUDO CRÊ – QUEM NÃO CONHECE O CAMINHO EXCELENTE NÃO SOFRE E NÃO CRÊ.

TUDO ESPERA – QUEM NÃO CONHECE O CAMINHO EXCELENTE É PRECIPITADO.

TUDO SUPORTA – A COMEÇAR POR NÓS, DEVEMOS NOS SUPORTAR….

QUEM AMA NÃO PRECISA SER CORRIGIDO, EXORTADO OU EDIFICADO POIS QUEM AMA CUMPRE A LEI DE DEUS.

PODE TER TODOS OS DONS, MAS O DOM DO AMOR ESSE NUNCA FALHA!!!!!

FIQUEM NA PAZ DO SENHOR…

 

…:::ARIANE:::…

Orando Com Seu Cônjuge

Muitos casais falam e sabem da importância, mas não conseguem ter uma vida de oração juntos. Por uma série de razões, acabam não fazendo isso em suas próprias vidas.

Fazer da oração uma prioridade é vital ao casamento. Trás intimidade um com outro e para com Deus, crescimento espiritual e momentos preciosos de comunhão e compartilhar. Mas como a prática é bem mais difícil que a teoria, aqui estão algumas dicas para os casais que querem dar início à essa experiência maravilhosa:

Para vencer a falta de tempo no dia a dia, comecem com apenas alguns minutos de oração juntos. Ambos podem orar, ou cada dia um. De acordo com a disponibilidade, esse tempo pode aumentar ou não;
Descubram juntos o melhor horário para fazer desse momento de oração um hábito;
Na oração do casal, deve-se deixar de lado os “estilos” de orar. Alguns oram mais espontaneamente, outros em silêncio, outros formalmente, outros em língua. Lembrem-se que este é também um momento para edificação, e por isso, ambos devem concordar com a oração do outro. Apenas conversem com Deus;
A timidez e a vergonha de orar em voz alta frente ao cônjuge pode ser um empecilho, mas aproveitem para quebrar essa barreira no relacionamento íntimo;
Para facilitar, tirem uma noite apenas para anotar num caderno os pedidos de oração. Coloquem os alvos de vocês como casal, para a família, individual, para a igreja (incluindo Missões) e pelos amigos. É importante para o estabelecimento de seus projetos prioritários e para o fortalecimento da fé, já que com o passar do tempo vocês olharão para os pedidos já respondidos;
Nunca orem como se estivessem “passando um sermão” no cônjuge ou enumerando para Deus todos os defeitos do outro, “para serem tratados”. Pelo contrário, tentem esquecer essas diferenças e realmente busquem a benção de Deus para suas vidas e abençoem um ao outro;
A oração do casal deve ser apenas mais um de seus momentos com Deus. Não ponham fim aos seus minutos de oração diários, individualmente. Neles sim é possível orar para Deus mudar o outro…ou mudar a nós mesmos!

 

Como orar com resultados?

Uma vida de oração requer disciplina. E pode não ser fácil, principalmente quando se tem a impressão de que os esforços são em vão. Mas é preciso aprender a ter prazer na presença do Senhor. E ver os resultados da oração, apesar das circunstâncias.
Aqui estão algumas dicas baseadas no livro The Power in praising God, do lendário Rev. Charles Haddon Spurgeon. Algumas delas já foram publicadas pelo crosswalk.com.

Compartilhe com seu cônjuge, e… pratiquem!

1. Orem confiantemente: Nunca comecem a orar duvidando. “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem.” (Hebreus 11:1). Lembrem-se: nossos impossíveis são nada para Deus. Creiam!
2. Recordem a fidelidade de Deus: Relatem situações em que vocês viram a mão de Deus sobre suas vidas. Tragam à memória aquilo que lhes produza esperança! E declarem juntos Hebreus 13:8, “Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente.
3. Confiem nas promessas: Leiam a Bíblia juntos e se agarrem nas promessas de Deus. Inspirem-se na vida daqueles que confiaram, mesmo em meio às tribulações.
4. Reconheçam seus pontos fracos: Cheguem-se a Deus limpos de coração, reconhecendo seus pecados e fraquezas. Isso pode ser feito com alguns minutos de oração silenciosa. Se quiserem, compartilhem um com o outro o que acham que está desagradando a Deus em suas vidas, ou aquilo que está atrapalhando a comunhão, mas não conseguem deixar. Mas atenção, não criem um ambiente de desconfiança e constrangimento. Lembrem-se: é hora para receber o amor de Deus e um do outro.
5. Declarem a fé: Expressem sua confiança em Deus durante a oração. Exponham os pedidos, mas já agradeçam e adorem a Deus, certos de que a resposta certa, virá dos lábios Dele. (Provérbios 16:1)

Que Deus abençoe o seu lar!

E você, que ainda não é casado (a), que essa leitura possa ter edificado a sua vida!!

…:::Ariane:::…

“…Porque vos foi concedida a graça de padecerdes…” (Fp 1:29)

 

A mais fina porcelana do mundo é queimada pelo menos três vezes, algumas mais de três vezes. A de Dresden sempre é queimada três vezes. E por que passa por esse calor intenso? Uma ou duas vezes deveriam ser suficientes. Não, aquela porcelana precisa ser queimada três vezes para que os adornos de ouro e carmesim fiquem mais belos e se fixem nela permanentemente. Em nossa vida somos trabalhados segundo o mesmo princípio. Nossas provações ardem em nós uma, duas, três vezes. E pela graça de Deus as cores mais belas são nela gravadas, e se fixam para sempre.

Somos marcados por Deus!

 

…:::Ariane:::…